terça-feira, 27 de setembro de 2011

PORTO MURTINHO - MS: CIDADE APAIXONANTE










Porto Murtinho, joia do Mato Grosso do Sul, cidade apaixonante, quem a conhece não esquece jamais, sua beleza encantadora, seus entardecer à beira do rio Paraguai é como contemplar o paraíso aqui na terra. Cidade de um povo querido e hospitaleiro, de uma gente ordeira, festeira, sincera e com um coração enorme, povo do qual carrego no meu peito, mesmo de longe recordo de suas tradições: as rodas de tereré, as pescarias, as músicas tradicionais ainda ressoam em meus ouvidos e aceleram o meu coração.Porto Murtinho é considerada a última guardiã do Rio Paraguai, seu nome é uma homenagem a Joaquim Murtinho, presidente do Banco Rio e Mato Grosso. Faz divisa com Corumbá, Miranda, Bonito, Jardim e Caracol. Possui clima tropical, variando em média entre 10 no inverno e 40 graus no verão. No início de 1892 os produtores de erva-mate do sul do Pantanal sentiram necessidade de criar um porto fluvial para centralizar o escoamento da produção. Depois de escolherem o local (a 50 km a montante do rio Apa, no rio Paraguai), a iniciativa do projeto, sob responsabilidade de Antônio Alves Corrêa, passou para a fazenda Três Barras, de propriedade do major Boaventura da Mota, que teve 3600 hectares expropriados para integrar o povoado. No local foi construído o Porto Fluvial Murtinho, local que deu origem à cidade. Em 1900, a região teve grande desenvolvimento graças à Companhia Mate Larangeira, de onde se passou a embarcar chá para a Argentina. Em setembro de 1911 foi criado o município, em 1919 tornou-se comarca e em 1929 tornou-se cidade. Em 1943 fez parte do Território Federal de Ponta Porã, extinto em 1946. Em 1982 a cidade foi atingida por uma grande enchente, problema este resolvido três anos depois com a construção de um dique de contenção.Uma das atividades mais representativas de Porto Murtinho é a agropecuária, além da exploração do quebracho (de onde se extrai o tanino). A cidade também tem sua riqueza mineral lastreada principalmente na cal de pedra.O turismo de pesca é a sua principal atividade econômica. O trecho do Rio Paraguai em Porto Murtinho é um dos mais piscosos do Brasil, sendo por isso a pesca, além da fauna e flora, o principal atrativo da cidade. Dali partem vários barcos com pescadores e turistas.Turismo - Castelinho (Rua Doutor Correia, 456 - Centro): Esse castelo foi construído por um comerciante da cidade, casado com uma européia, para convencer sua esposa a permanecer na cidade. Sua mulher queria que o comerciante construísse uma réplica dos castelos europeus para ela não sentir mais saudade da Europa. Possuía energia elétrica própria, água encanada e seus móveis eram importados daquele continente.Ilha da Margarida: zona de livre comércio localizada no lado paraguaio. Para chegar até lá é preciso atravessar o rio, pois não existe ponte que ligue as duas regiões.



Clique abaixo e ouça uma homenagem à querida Porto Murtinho:


video